Musiquice: transforma fotos em sons

Imagina só se aquela sua foto favorita do Instagram virasse uma música, assim que publicada? É isto que Luciana Elaiuy e Carol Naine fazem no Musiquice, um projeto-coração que transforma cliques publicados na rede social em canções.

No site, a dupla diz que o Musiquice é mania de musicar tudo o que veem. Um registro musical e poético quase instantâneo, como as fotos que tiramos por aí. E eu complemento: Musiquice é dar nova emoção ao registro, criar quase uma rememória, um novo registro. E, olha, emociona mesmo, viu?

Na semana passada, tive a sorte de uma foto minha ser a escolhida e não me aguentei, é fofura em tamanho família, coisa linda de se ver e ouvir. Ouvi e ouvi de novo por umas 500 vezes seguidas no mesmo dia. É demais! <3

Minha música levou o nome de “Todos”, olha só se não é delícia de se ouvir:

Para acompanhar o projeto, é só seguir o @musiquice, no Instagram. E, para participar, comece a marcar suas fotos mais bacanas com a hashtag #musiquice e toça para ser escolhido. Ah, e dá para baixar todas as canções de graça aqui.

Minhas favoritas:

Clichê é esse medo de ser clichê

Ontem à tarde, armou o maior toró em São Paulo e, no fim das contas, um lindo arco-íris duplo deu o ar da graça no céu cinzento da Terra da Garoa. Quando acessei meu Instagram, choveu cor! Era foto de arco-íris para todos os gostos: com muito ou pouco contraste, saturada ou preto e branco, com muito ou quase nenhum brilho. Todo mundo registrou e compartilhou sem medo.

Outro dia, ouvi em algum lugar alguém dizer que se cansou de foto clichê na internet, mas eu acho, lá no fundo, que clichê é esse medo de ser clichê. E a internet também está aí para essas coisas, não é?

Há algum tempo, uns três ou quatro anos, li (não me lembro onde) que a chuva em SP caía primeiro no Twitter que em casa. Era verdade! Hoje, ela cai antes no Facebook; e o arco-íris está primeiro no Instagram que na sua janela, mas cuidado: talvez você tenha se esquecido de olhar para cima só para não parecer clichê.

20140110-194628.jpg
Tirei está foto há quatro semanas, quando abri a janela e encontrei um arco-íris me desejando bom dia. Argh, quanto clichê!